Tratamento de Crianças e Adolescentes

Começar o tratamento cedo assegura melhores resultados e menos tempo e despesas. A Associação Americana de Ortodontia (AAO) recomenda que a primeira avaliação ortodôntica deve ocorrer entre 6 e 7 anos. Nessa idade o tratamento ortodôntico talvez não seja necessário, mas o grau de severidade das maloclusões pode ser atenuado ou pode até mesmo ser prevenidas, em alguns casos, quando diagnosticado precocemente, utilizando-se procedimentos simples de ortodontia.

A prática da ortodontia para crianças e adolescentes é de responsabilidade do ortodontista. Um tratamento numa idade precoce evita um tratamento numa idade avançada, quando todos os dentes permanentes estão irrompidos, podendo o paciente apresentar a maloclusão instalada. Tanto na fase da dentição decídua quanto na fase de dentição mista, o tratamento ortodôntico preventivo deve ser realizado visando remover os obstáculos ao desenvolvimento favorável da face e da oclusão. Quando a intervenção ortodôntica não é necessária, o ortodontista pode cuidadosamente monitorar o crescimento e desenvolvimento e começar o tratamento no momento ideal.


imagem explicativa